Quando olhei p’ra ti

Andava eu lá nos copos
Numa tardinha de Verão
Passaste de esgueira por mim
Larguei a caneca no chão

Segui a tua figura
Até ao próximo bar
Roubei uma flor dum canteiro
P’ra no caminho ta dar

Refrão
Quando olhei pra ti
Pensei que estava a sonhar
Quando olhaste pra mim
Paixão pairava no ar

Toquei-te de leve nas costas
Com carinho e muita paixão
Olhaste pra mim e sorriste
E eu dei-te uma rosa p’rá mão

Senti outro toque nas costas
Mas sem carinho ou cuidado
Levei um soco nas trombas
Da besta do teu namorado

Posted in Cancioneiro and tagged as , , , ,