Marcha do Zé Povinho

Pst Pst …Olh’ó Zé Povinho
Sai do rebanho d’ovelhas
Tem atenção ao caminho
Não deixes que façam ninho
Atrás das tuas orelhas
Tens de tirar o badalo
Do teu peito dar um grito
E como manda o Bordalo
Fazer com todo um regalo
Um gigantesco manguito

Rosnam alto ditadores
Cantam falsos democratas
Mas tu suportas as dores
Todos os frios e calores
Doenças e burocratas
Podes ser Zé do Telhado
Ou a Maria da Fonte
Revolta de maltratado
Que nunca foi ensinado
Na escola de monte em monte

Padeira d’Aljubarrotas
A enfornar castelhanos
Marujo de muitas rotas
A costurar velas rotas
E a conquistar Oceanos
Deixam-te ser Estivador
Com força domesticada
Chamam-te caro eleitor
Mas depois de tu ires pôr
Ficas na curva da estrada.

Posted in Cancioneiro and tagged as , , ,