Entrudo

Ó entrudo, ó entrudo
Ó entrudo chocalheiro
Que não deixas assentar
As mocinhas ao soleiro

Eu quero ir para o monte
Que no monte é que estou bem
Eu quero ir para o monte
Onde não veja ninguém, que no monte é que estou bem

Estas casas são caiadas
Quem seria a caiadeira
Foi o noivo mais a noiva
Com o ramo de laranjeira, quem seria a caiadeira
Pelo mar abaixo
Vai uma panela
Se ela leva vinho
Vamos atrás dela!

Pelo mar abaixo
Vai um paspalhão
Com o arado às costas
Semeando o pão!